Festival criado para evidenciar os talentos da cultura periférica

Criado para evidenciar os talentos da cultura periférica pelo mundo, Britadeira – Sons de Favela é o nome do projeto que toma conta do Sesc Pompeia entre os dias 20 e 21 de abril.

Britadeira propõe a envolvente mistura entre sons criados em locais distintos geograficamente, mas que compartilham boas conformidades, seja no modo de produzir, na poética, ou pela simples irreverência.

A precisão das linhas de guitarra haitianas encontra a força expressiva do novo rap nacional. A batida frenética do kuduro se mistura à rebeldia revolucionária e erótica do funk carioca.

O evento destaca os maiores nomes da música produzida nas periferias da América Latina e África.

 

// 20 DE ABRIL 

 ABRONCA (RJ) abre os trabalhos com suas rimas contundentes e beats dançantes. Slick, Jay e Mari são as ex-Pearls Negras, que retornam para relatar trajetórias negras e femininas no dia-a-dia nos morros cariocas.

O Beijo
O Beijo

Crédito: (Divulgação/Vincent Rosenblatt)

Na sequência  Wesli (Haiti) sobe ao palco com letras em francês, inglês e crioulo haitiano. Sua banda mescla reggae roots, afrobeat, soul e música haitiana e é formada por músicos de diferentes Leia a notícia completa

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!